SerialSender

Oi!

Esses dias precisei testar um dispositivo serial usando meu notebook… blabláblá nada demais.

Serial Number

Usando Linux para todas as atividades do dia-a-dia, fazer um script para automatizar esta tarefa pareceu uma boa ideia. Depois alguém me conta se foi útil também, no meu caso deu certinho.

Começando do começo

Em um post anterior eu mostrei como enviar dados via terminal para uma porta RS232. Foi daí que surgiu a ideia de automatizar e se você não viu o conteúdo anterior, dá uma olhada caso você precise de uma coisa mais simples.

Fazendo o tal do script

Depois disso, usando Bash eu criei um script para automatizar:

  • Configurações do adaptador RS232;
  • Parâmetro para definir a quantidade de envios para a porta serial;
  • Tamanho variável dos dados enviados;
  • Exibir resultados em tela ou apenas gerar um log em formato html;
  • A função que faz tudo isso rodar.

Pegue a cópia é mais fácil né!

Deixei uma cópia no GitHub, está comentado direitinho. Pega lá é melhor! Rs…

Como eu uso isso?

Execute ./SerialSender.sh QTY como root ou use sudo:

E está aí o resultado:

Como a gente precisava era forçar o treco, mandamos vários testes de 500x no modo #bruteforce. Funciona de boa!

Conclusão

Ficou bem bom… IMHO!

Uma das coisas interessantes desse script é a variável criada com urandom. Nos meus testes eu precisava enviar um código de 13 carácteres para cada gravação simulando o envio de um código de barras no padrão EAN13.

Deixei de um jeito que é fácil para alterar o script e enviar strings ou números aleatórios de comprimentos configuráveis. Pareceu que ia ser mais útil pra mim e para quem usasse no futuro.


#Create a random number to simulate an EAN13
codex=$(head /dev/urandom | tr -dc 0-9 | head -c $string_size)
# use tr -dc A-Za-z0-9 to generate strings

Um abraço gente! Flw

Anúncios

Fontes TrueType no Linux Deepin! Sim, use sem sofrer…

Você já usa fontes TrueType mesmo não sabendo o que é. Ok! Nada demais .

Lista de fontes do LibreOffice

A qüestão (rs…) é quando você precisa de uma fonte nova e não faz ideia alguma de como instalar ou mesmo não tem a ferramenta certa para isso.

Por exemplo, você quer usar uma fonte legal como a Raleway para editar um documento no Libre Office e precisa de uma mãozinha?

Clique aqui para fazer o download da Raleway.

O que fazer no Deepin

Depois de baixar a fonte você pode usar o Instalador de Fontes (deepin-font-installer). Já vem pronto para usar, Simples mesmo.

Você precisa usar sua senha de administrador, ok!
Diretório de fontes instaladas pelo deepin-font-installer

Pronto! Raleway instalada e disponível para usar!!!

Porém, confesso que você pode ficar desapontado(a) em perceber que não há como visualizar a fonte que você vai instalar ou mesmo a lista de fontes instaladas no sistema. O fato é de que o pacote gnome-font-viewer não vem instalado. Também não é nada que um sudo apt-get install gnome-font-viewer não resolva né.

Outras opções

Caso a sua não tenha nada que te facilite a vida para visualizar ou instalar fontes, use o gnome-font-viewer ué! Bom, Bonito e Barato!

Lista de todas as fontes instaladas.

Como instalar uma fonte usando o Gnome-Font-Viewer

Simples! Localize a fonte que deseja instalar, clique duas vezes sobre ela (ou selecione, clique com o botão direito e escolha abrir como Fontes).

Agora é possível visualizar a fonte antes de instalar, diferente do Deepin-Font-Installer. Clique em Instalar e pronto.

É importante que você saiba que adicionar muitas fontes ao seu sistema pode fazer com que sua performance seja menor. Isto acontece porque o sistema operacional precisa manter atualizada a lista de todas as fontes instaladas e carregá-las quando uma aplicação, que as utilize, é aberta.

Uma boa prática é instalar poucas fontes adicionais aos seu sistema e excluí-las quando não for mais utilizar. Outra coisa, você NÃO DEVE apagar as fontes que vieram como padrão no seu sistema.

Desinstalar ou excluir fontes?

Isso sim “dá pano para manga“! Escrevi outro post (fonts.config e o Mistério das 1001 pastas) para falar das pastas de fontes utilizadas pelo sistema (/etc/fonts/fonts.config).

Por isso vou resumir como remover as fontes instaladas pelo Deepin-Font-Installer e pelo Gnome-Font-Viewer.

Remover fontes do Deepin-Font-Installer

Quando a fontes foi instalada pelo Deepin-Font-Installer você pode removê-la excluindo a pasta que estará em /usr/share/fonts/deepin-font-installer/NOME_DA_FONTE

Remover fontes do Gnome-Font-Viewer

Quando a fontes foi instalada pelo Gnome-Font-Viewer você pode removê-la excluindo o arquivo da fonte que estará em ~/.local/share/fonts

Bom, é isso! Se você curtiu saber que pode fazer mais no seu pinguim eu fico muito feliz!!!

E se quiser melhorar ainda mais a administração das suas fontes, dá uma olhada nesse post “Gerenciadores de fontes para que? Conheca o FontBase e o Font-Manager!”

Um abraço!

Enviando dados para ttyUSB (RS232) via terminal Linux

Blábláblá sem enrolação nem mistério. Vamos lá!!!

Se você já precisou enviar dados do Linux para um dispositivo Serial (RS232) e não encontrou como fazer isso via terminal, vou mostrar que não tem segredo não.

Coletando informações do adaptador

Após conectar seu adaptador USB, por exemplo, execute lsusb para obter mais informações sobre qual porta ele está conectado:

Se você usa uma porta serial do próprio computador, elas normalmente são: COM1 = /dev/ttyS0 , COM2 = /dev/ttyS1 e por aí vai.

Agora que você sabe pelo menos o nome do adaptador, use o comando dmesg | grep algum-parâmetro-de-pesquisa:

Aqui eu usei o TRENDnet TU-S9 , funciona legal e tem bom acabamento.

Alterando permissões da porta

Execute chmod o+rw /dev/ttyUSB0

Configurando a velocidade da porta

Execute stty -F /dev/ttyUSB0 9600 raw -echo

Usei 9600 porque era a velocidade do dispositivo que estava conectado.

Só enviar!!!

Feito! Aeeeee!!!
Confirmação dos dados recebidos

Conclusões

Fácil!

Para os testes eu usei Deepin Terminal 3.2.1, Linux Deepin 15.9.1 com o conversor Serial-USB da TRENDnet e o conversor Serial-Ethernet da USR-IOT (USR-TCP232-302).

Links e Créditos

https://icons8.com.br/icons/set/rs-232

https://unix.stackexchange.com/questions/117037/how-to-send-data-to-a-serial-port-and-see-any-answer

https://www.trendnet.com/langpo/products/USB-adapters/TU-S9

https://www.usriot.com/products/rs232-to-ethernet-converter.html

Você já está ninja no CSS? Pega esses Simpsons então!!!

Fala ae povo!

Dias atrás estava procurando uns stickers para notebook, desses mais nerds sabe, e acabei encontrando um adesivinho sobre CSS muito engraçado, dá uma olhada:

Se você entendeu, entendeu… Se não entendeu nem vou explicar essa nerdice.

Mas voltando ao tema, olha esses Simpsons

Um desenvolvedor inglês chamado Chris Pattle criou em CSS puro os personagens da série Os Simpson . Clica aqui ou na imagem para você ver direto la na página do projeto.

Meuuuuu! 596 linhas para fazer o Bart

Depois você me conta o que achou desses Simpsons, blz? Se achar chato, tá bom… eu ri 🙂

E sem fazer jabá mas já fazendo. Se você gosta desses Sticker para colar no notebook, onde vc quiser ou mesmo para fazer personalizados para empresa eu comprei os meus em duas lojas brasileiras:

E se você não se importa em comprar fora (porque demoooora para chegar) no link abaixo tem uma seleção dos melhores sites de stickers de acordo com a opinião do autor.

Um abraço! Até a próxima…

Delete arquivos e preserve as pastas via Prompt de comando do MS Windows

Opa! Vou falar bem rapidão, ok? Post curto e útil…

Vamos lá! Se você tem lá uma necessidade específica que requer apagar todos os arquivos de um diretório porém deseja preservar a estrutura de pastas, este post é mesmo para você.

Na prática não tem muito segredo não. Você simplesmente vai:

  • Abrir o Prompt de Comando do seu MS Windows (qualquer versão)
  • Ir até o diretório ou unidade de destino
  • Digitar o seguinte comando: del . /S /Q 
  • Só… Viu! Simples… vão-se os files ficam as folders. Rs!

Nota: Este procedimento deve ser executado somente quando você tiver absoluta certeza do que está fazendo. Cuidado pois ele pode se transformar em um ShitMaker e te dar muito (muito mesmo) mais trabalho caso você apague algo errado.

Para não falarem que eu não coloquei um screenshot para ilustrar, toma aí o help do comando del que também tem no seu Windows. Blz?

Um abraço gente! Cuidado, depois não fala que eu não avisei.

Oh! Para quem curte Breaking Bad

Oi! Trouxe coisas de Breaking Bad heim! Mentira, é uma tabela periódica mas você vai gostar.

Eu nunca fui muito da química, acho que não ia mal nas aulas durante o colégio, confesso que não manjava, atualmente não é minha área mas sou um curioso.

Dias atrás apareceu no meu feed uma matéria bem legal da Revista Galileu que mostrava uma tabela periódica interativa. Mesmo que você pense “Aiiii não faço cursinho, pra que eu vou querer ver isso?” Veja! É muito legal.

the_periodic_table_screenshot

Muito legal por que ela foi criada com explicações e exemplos de como os elementos funcionam e com isso dá pra ver onde cada elemento é usado nas coisas do nosso dia-a-dia. Achei genial!!!

A tabela em versão interativa está disponível em inglês no próprio site do autor, você pode acessar por aqui. Masss…. Como a licença de uso é Creative Commons, é possível traduzir e redistribuir sob a mesma licença.

Assim que der eu quero fazer uma versão em JS multi-idioma da tabela interativa. Quando concluir eu faço uma atualização aqui do post e compartilho o link. Até lá vocês já tem ótimas versão traduzidas para português:

http://clubelementar.com.br/tabela.php

https://drive.google.com/drive/folders/0B0flUWLBnPCKenNqckkwRGdoTUE

O site de criador também disponibiliza a tabela em pdf em diversos tamanhos para serem impressas em casa, tudo de graça. Confira aqui!

Ah! Eu achei legal… E você? Comenta ai!


Hey 2019!!!

Opa! Tudo bem com vocês?
Vou começar do começo, então um Feliz Ano Novo!
Sério! Que o novo ano seja ótimo para todos nós, há um ar de mudanças por ai.

Como o ano é novo dá para pensar em novas atitudes, isso mesmo atitudes vão além dos pensamentos. Conhece a história dos três sapos na pedra? Dois decidiram saltar, quantos sapos restaram? Três!!! Decidir e executar são palavras bem distintas.

Resoluções e ações

Não digo que eu fiz um super plano ou resoluções para 2019 porque seria uma baita mentira. Mas dizer que não reconsiderei alguns dos meus últimos anos também seria uma grande falsidade. Com isso quero dizer que momentos assim são ótimos porque nos fazem pensar em o que é realmente importante para cada um de nós. Se você é uma pessoa meio sem idéias, eu deixei dois links com resoluções e sugestões de outros blogs.

Dá uma olhada, algumas estão mesmo nos meus planos:

Claro que você pode dizer “Nossa só blogs masculinos, blá blá blá”, leia as resoluções e você vai perceber que elas cabem em qualquer gênero. E se você tem família, ótimo, perceberá que não há nenhum problema em incluí-los 🙂

Uma matéria que li no finalzinho do ano passado me colocou para pensar. Muito aliás, porque nosso perfeccionismo nos atrapalha em concluir as tarefas que temos que fazer e as vezes até mesmo em iniciar as que gostaríamos de fazer também. Link para a matéria:

Feito é melhor que Perfeito

Legal quando o ditado soa melhor em português do que na língua original. Fica tão mais fácil para aplicar!

Tem preguiça de ler? Ouça!

No Olhe Fora da Caixa tem podcasts ótimos, um bem bacana fala sobre o assunto:

Encurtando o post

“Enfim, vocês entenderam!”

Vou exercitar meu perfeccionismo e seguir para os 94 posts na fila de 2018 que não publiquei porque queria fazer melhor, melhor, melhor…

Um abração a todos!  

Crédito das imagens:
https://djeisonmoreira.wordpress.com/2015/06/22/feito-e-melhor-do-que-perfeito/
https://br.freepik.com/vetores-premium/citacoes-inspiradoras-desenhadas-a-mao-quot-feito-e-melhor-do-que-perfeito-quot_1468722.htm
https://pixabay.com/pt/feliz-ano-novo-2019-sauda%C3%A7%C3%B5es-3168067/